Continua após a publicidade..
Culinária InternacionalReceitas Saudáveis

Como Fazer 1 Molho Pesto Tradicional

Você já experimentou o molho pesto? Esse é um delicioso molho de origem italiana, feito à base de manjericão, alho, queijo, azeite e oleaginosas. Ele é perfeito para acompanhar massas, saladas, carnes, pizzas e muito mais. Neste artigo, vamos te ensinar como fazer um molho pesto tradicional, usando os ingredientes e o modo de preparo originais. Além disso, vamos te contar um pouco da história desse molho e te dar duas sugestões de acompanhamentos para ele. Ficou com água na boca? Então continue lendo e aprenda a fazer essa receita fácil e saborosa!

Continua após a publicidade..

O que é o molho pesto e por que ele é tão especial?

O molho pesto é um molho típico da região da Ligúria, no norte da Itália, mais especificamente da cidade de Gênova. O nome vem do verbo italiano “pestare”, que significa macerar ou esmagar, pois os ingredientes são triturados em um pilão de mármore com uma mão de madeira. Essa forma de preparo preserva o aroma e o sabor dos ingredientes, além de dar uma textura cremosa e homogênea ao molho.

Os ingredientes principais do molho pesto são: folhas de manjericão fresco, alho, queijo parmesão ou pecorino (queijo de ovelha), azeite extra virgem, sal e pinhões (pinoli). Os pinhões são as sementes comestíveis de algumas espécies de pinheiros, que têm um formato ovalado e uma textura macia. Eles são muito usados na culinária italiana e mediterrânea, mas podem ser substituídos por outras oleaginosas, como nozes, castanhas ou amêndoas.

O molho pesto é muito especial porque combina ingredientes simples, mas muito aromáticos e nutritivos. O manjericão é uma erva que tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e digestivas. O alho é um alimento que fortalece o sistema imunológico, previne infecções e reduz o colesterol. O queijo é uma fonte de proteína e cálcio, que ajuda na formação dos ossos e dos dentes. O azeite é uma gordura saudável, que protege o coração e a pele. E as oleaginosas são ricas em gorduras boas, fibras e minerais, que contribuem para a saúde cerebral e cardiovascular.

Como fazer o molho pesto tradicional: passo a passo

Para fazer o molho pesto tradicional, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 4 dentes de alho descascados
  • 1 colher (chá) de sal grosso
  • 1 xícara (chá) de folhas de manjericão fresco
  • 3 colheres (sopa) de pinhões
  • 100 g de queijo parmesão ou pecorino ralado
  • 1/2 xícara (chá) de azeite extra virgem
  • Pimenta-do-reino a gosto

O modo de preparo é o seguinte:

Continua após a publicidade..
  • Em um pilão de mármore, coloque os dentes de alho e o sal grosso. Macere bem até formar uma pasta.
  • Adicione as folhas de manjericão lavadas e secas. Macere novamente até obter um purê verde.
  • Adicione os pinhões e macere mais um pouco até incorporar ao molho.
  • Adicione o queijo ralado e misture bem com a mão de madeira.
  • Adicione o azeite aos poucos, mexendo sempre até obter uma consistência cremosa e homogênea.
  • Tempere com pimenta-do-reino a gosto.
  • Transfira o molho para um pote de vidro esterilizado e conserve na geladeira por até uma semana.

A origem do molho pesto: uma história milenar

O molho pesto tem uma história milenar, que remonta aos tempos dos antigos povos do Oriente Médio, como os assírios, os babilônios e os fenícios. Esses povos cultivavam o trigo, um dos principais ingredientes da massa, e o consumiam em diversas formas, como pão, mingau e salada.

O molho pesto era uma forma de aproveitar o trigo que sobrava da colheita ou que estava velho e ressecado. Os grãos eram triturados ou moídos e misturados com água para hidratar. Depois, eram temperados com ervas frescas, como manjericão, salsa e hortelã, que eram abundantes na região. O limão e o azeite eram adicionados para dar sabor e conservar a salada.

Continua após a publicidade..

O molho pesto se espalhou por todo o Oriente Médio e se tornou um prato típico da culinária libanesa, síria, turca, egípcia e marroquina. Cada país tem sua própria versão do molho pesto, variando os ingredientes e as proporções. Por exemplo, no Líbano, o molho pesto é feito com mais salsa do que manjericão; na Turquia, é adicionado pepino; no Egito, é usado tomilho; e no Marrocos, é usado coentro.

O molho pesto chegou à Itália com os navegadores genoveses, que faziam comércio com o Oriente Médio. Eles adaptaram o molho ao seu paladar e aos seus ingredientes locais, como o queijo e os pinhões. O molho pesto se tornou um símbolo da culinária da Ligúria e da cidade de Gênova, onde foi registrada a primeira receita escrita em 1863.

2 acompanhamentos para o molho pesto: dicas para variar o cardápio

O molho pesto é um molho muito versátil, que pode ser servido com diversos pratos. Se você quer variar o cardápio e combinar o molho pesto com outros sabores, confira estas duas sugestões de acompanhamentos:

  • Frango grelhado: é uma opção leve e saudável, que fica ótima com o molho pesto. Basta temperar o frango com sal, pimenta, alho e limão e grelhar em uma frigideira antiaderente ou na churrasqueira. Depois, sirva com o molho pesto por cima ou à parte.
  • Pizza de muçarela: é uma opção deliciosa e prática, que fica ainda mais saborosa com o molho pesto. Basta preparar uma massa de pizza caseira ou usar uma pronta e cobrir com molho de tomate, muçarela ralada e orégano. Leve ao forno até derreter o queijo e dourar a massa. Depois, espalhe o molho pesto por cima da pizza e sirva.

Conclusão: experimente o molho pesto tradicional e seus benefícios

Neste artigo, você aprendeu sobre o molho pesto tradicional, um molho de origem italiana feito à base de manjericão, alho, queijo, azeite e oleaginosas. Você também aprendeu como fazer esse molho usando os ingredientes e o modo de preparo originais. Além disso, você conheceu um pouco da história desse molho e duas sugestões de acompanhamentos para ele.

Agora que você já sabe tudo isso, que tal experimentar o molho pesto tradicional e seus benefícios? Faça esse molho em casa e use-o nos seus pratos favoritos. Depois, deixe um comentário neste artigo contando o que achou da receita e se sentiu alguma diferença na sua saúde. Também aceitamos sugestões de outras receitas que você gostaria de aprender. Esperamos por você!

2 thoughts on “Como Fazer 1 Molho Pesto Tradicional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *